Cidra/sidra

Continua a confusão

 

      «Roland Barthes chamou-lhe “órgão antológico”. E, como todos sabem, o cérebro de Einstein andou em bolandas até ir parar ao Kansas, onde repousou durante décadas em dois grandes vidros de conserva guardados numa caixa de cidra. Mas, antes disso, o proprietário daquele cérebro de antologia também viajou, e viajou muito» («Einstein on the beach», António Araújo, Diário de Notícias, 2.09.2018, 6h19).

      A nossa primeira obrigação é duvidar. Numa caixa de cidra? Em todo o lado leio que os frascos estavam guardados «inside an old cider box». («The bottom box was labelled Costa Cider», leio na página da Internet da BBC.) Ora, cider é a nossa sidra; o citron inglês é que é a nossa cidra.

 

[Texto 9992]

Helder Guégués às 20:14 | favorito
Etiquetas: ,