«Coarctar | quartar», uma triste confusão

Demasiado mau

 

      «E [Francisco Assis] garante: “Não perco um minuto a pensar nisso e nunca fiz depender nada do exercício de qualquer função. Nada pode quartar a minha liberdade de intervenção pública”» («“Há uma espécie de ‘geringonça’ oculta, o PS, o PSD e o CDS”», São José Almeida, Público, 20.07.2019, p. 12).

      Parece demasiado mau para ser verdade — mas está escrito, não vão conseguir apagá-lo. Como é que uma jornalista cai em semelhante erro? De facto, quartar e coarctar pronunciam-se da mesma maneira, mas os significados não têm nenhuma relação. Francisco Assis disse coarctar, isto é, restringir, limitar, reduzir. Quanto a quartar, nem vale a pena dizer o que significa. Quando não conhecemos bem, quando temos dúvidas, São José Almeida, consultamos um dicionário — é para isso que eles existem. Por outro lado, que revisor deixava passar este erro? Logo, os textos não são revistos.

 

[Texto 11 816]

Helder Guégués às 10:13 | favorito
Etiquetas: ,