Como se escreve na rádio

Um primor

 

      Sim, porque na rádio também se escreve. Por vezes, assim: «A equipa médica que acompanha Mário Soares acompanha com “preocupação” o estado de saúde de Mário Soares» («Mário Soares com “agravamento do seu estado geral” e sem “diagnóstico definitivo”», Rádio Renascença, 13.12.2016). A notícia foi publicada às 13h07 e actualizada às 13h30. Actualizada, mas não corrigida, não melhorada. Nada falta: já chegámos à pós-gramática.

 

[Texto 7323]

Helder Guégués às 15:28 | comentar | favorito (1)
Etiquetas: ,