Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Como se escreve nos jornais

Tem de ensaiar mais

 

     «Ricardo Gonçalves, tal como Francisco Assis, disseram 
o que precisava de ser dito numa altura em que era difícil dizê-lo. Faço questão que as suas palavras aqui fiquem registadas, para memória futura» («Ricardo Gonçalves é o meu herói», João Miguel Tavares, Público, 7.06.2016, p. 48).

     «Ricardo Gonçalves disseram»? João Miguel Tavares, veja lá se revê os textos que escreve. Os leitores agradecem. «Faço questão que»? João Miguel Tavares, veja lá se revê os textos que escreve. Os leitores agradecem. Para memória futura: «Ricardo Gonçalves, tal como Francisco Assis, disse
 o que precisava de ser dito numa altura em que era difícil dizê-lo. Faço questão de que as suas palavras aqui fiquem registadas, para memória futura.»

 

[Texto 6865]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.