Como se escreve nos jornais

Isso mesmo, arrepiante

 

      «No quadro feminino, Betthanie Mattek-Sands fraturou ontem o joelho. O pior foi mesmo o tempo que teve aos gritos a pedir ajuda, que terá demorado 15 a 20 minutos a chegar. A organização nega as (muitas) críticas» («Lesão arrepiante causa polémica», Destak, 7.07.2017, p. 10).

    Na oralidade, enfim, apesar de tudo, ainda passa, mas na escrita? Não, não, é imperdoável.

 

[Texto 7987]

Helder Guégués às 17:46 | favorito
Etiquetas: ,