Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Como se escreve nos jornais

Os dias e o jornalismo do fim

 

      Ah, como é delicado e compassivo o pessoal do Correio da Manhã, meu Deus! Mais uma vítima mortal de um acidente na estrada, com direito a fotografia do morto e dos veículos envolvidos. Na legenda, isto: «Carro onde seguia a vítima mortal enfaixou-se na traseira do camião do lixo». Não tem muito que pensar, não é? Estrada, faixa de rodagem... «Regressei de Tete ao fim da tarde. Prostrado. Ainda por cima, na Avenida do Aeroporto, um carro vindo da esquerda enfeixou-se no meu» (Os Dias do Fim, Ricardo de Saavedra. Lisboa: Casa das Letras, 3.ª ed., 2014, p. 149).

 

[Texto 8091]

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Helder Guégués 17.08.2017 07:29

    Aposto que consegue comprová-lo por si mesmo.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.08.2017 21:45

    Com certeza que sim, caro Helder, a pergunta surge porque o fiz e não fiquei esclarecido. Na minha opinião este sentido não está no dicionário da Porto Editora, que atribui a «enfeixar» o significado em sentido figurado «esbarrar-se». Enfeixar-se e «esbarrar» são coisas bastante diferentes.

    Sucede, adicionalmente, que os colegas do Priberam atribuem este sentido à palavra «enfaixar». Neste artigo do blogue Em Português Corre(c)to: http://emportuguescorrecto.blogs.sapo.pt/enfeixar-se-ou-enfaixar-se-62620 ensinam precisamente o inverso desta sua publicação, com base no Priberam. No JN usam «enfaixar»: http://www.jn.pt/local/noticias/porto/penafiel/interior/dois-mortos-em-acidente-na-en-106-1303559.html?id=1303559#AreaComentarios ou http://www.jn.pt/local/noticias/braga/braga/interior/carro-voou-por-cima-da-estrada-nacional-5447539.html .

    Ora, o Priberam dá-lhe o sentido de «colisão», que me parece demasiado geral; «enfeixar-se», para mim, é embater com a totalidade da frente ou traseira do nosso veículo, na direção de deslocação. É colidir, mas não é colidir de lado, por exemplo.
    Mas posso estar errado.

    Solicitava, por isso, a sua opinião, com certeza mais esclarecida. Em particular, agradecia se pudesse explicar porquê «enfeixar» e não «enfaixar».
  • Imagem de perfil

    Helder Guégués 19.08.2017 21:13

    Pensei que fosse um comentário de algum engraçadinho sem graça como alguns que aqui caem.

    Sendo assim. A definição do dicionário da Porto Editora pode não ser a mais correcta ou clara, mas o outro dicionário que cita está simplesmente errado. Para mim, é embater de frente, de lado, de trás — de qualquer maneira. E é enfeixar-se, sim, porque também se diz que o carro fica feito num feixe. Já me aconteceu assim, aqui em Lisboa, e os airbags nem sequer dispararam. «O homem só resistiu um minuto. E o carro estava feito num feixe...» (A Fúria dos Amargurados – Romance Verista, Paulo Santelmo. Lisboa: Cimo Editorial Ficção e Ciência; 1966, p. 47).

  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.