Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Como se escreve nos jornais

Assim não vamos longe

 

      «O caso tem gerado uma onda de apoio por toda a Áustria, com os médicos a pedirem maior proteção e a criação de leis rígidas contra o bullying e a guerra psicológica. Seguiram-se também várias vigílias de homenagem, tendo a última acontecido esta segunda-feira no exterior da Catedral St Stephen’s, em Viena» («Áustria em choque com morte de médica defensora da vacinação contra a Covid-19. Presidente pede “fim da intimidação e do medo”», Ana Catarina Peixoto, Observador, 4.08.2022, 9h09, itálico meu).

      Isto faz algum sentido, escrever St Stephen’s quando a catedral é na Áustria? Não faz — e avisei a jornalista, contra os meus princípios, mas não ficou convencida. Então, antes Sankt Stephan ou Stephansdom! Um jornalista sensato e conhecedor da língua optaria, é evidente, por escrever Catedral de Santo Estêvão. Em vez de se limitar a copiar, sem adaptar, o que vê em fontes em inglês, raciocinava uns segundos e procedia em conformidade. Vá lá, fez-me o favor de corrigir «anti-vacinas».

 

[Texto 16 697]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.