Como se escreve por aí

Muitos pontos descontados

 

      «Na entrevista singular que concedeu à imprensa portuguesa, aquando da celebração do seu Jubileu de Ouro, fez questão de deixar muito clara a sua posição: faz parte do islão fundacional, disse, tanto sunita como shiita, que um Imam assuma a sua responsabilidade em primeiro lugar, na segurança dos povos, e depois, na melhoria da qualidade de vida das populações em geral, principalmente onde a pobreza é crítica» («Quem é Aga Khan e porque escolheu Portugal?», Faranaz Keshavjee, investigadora do Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL, TSF, 20.06.2018, 10h33).

      Já são alguns pontos a menos... Ah, está bem, isto não é um exame nacional de Português. Se fosse, por erro de ortografia entende-se também o erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou de letra maiúscula e erro de translineação. Para quê «jubileu de ouro» com maiúscula? E em português não é «xiita» e «imã»? Transcrevi apenas um parágrafo, atenção, mas seriam logo quatro pontos a menos.

 

[Texto 9459]

Helder Guégués às 14:22 | favorito
Etiquetas: ,