Como se escreve por aí

É esta miséria

 

      «O vermelho chamou a atenção de todos entre o amarelo dos coletes. Os franceses voltaram a sair à rua pelo quinto sábado consecutivo, mas cinco manifestantes destacaram-se na multidão. [...] Não se tratam de feministas da Femen, como se pensou inicialmente, apesar da semelhança com as iniciativas que costumam levar a cabo. Estas Marianne de casacos vermelhos e peito descoberto são obra da artista luxemburguesa Deborah de Robertis, uma performance simbólica em dia de manifestação por melhores condições de vida na França» («Marianne juntou-se aos coletes amarelos. Quem são as mulheres que fizeram frente à polícia?», Carolina Rico, TSF, 15.12.2018, 13h59).

      Será que aprendem mesmo? Acho que não. E trata-se de uma jornalista, o que não será o zé-povinho.

 

            [Texto 10 459]

 

Helder Guégués às 15:06 | favorito
Etiquetas: ,