Como se fala na televisão

Dʒəʊnəs

 

 

      «O túmulo do profeta Jonas, em Mosul, foi destruído por extremistas do Estado Islâmico do Iraque. O profeta em causa é uma figura bíblica reconhecida por judeus e cristãos. A destruição faz parte de uma onda de ataques contra os cristãos no Iraque. Já foram incendiadas onze igrejas na região de Mosul. Pastores e missionários foram perseguidos» (Cristina Freitas, Manhã Informativa, RTP 1, 25.07.2014).

    A notícia continuava, no mesmo tom monocórdico e segmentado, mas o que interessa está logo ali nas primeiras palavras. Como é que acham que a jornalista pronunciou o nome Jonas? Ora, ora, não tem nada que saber: à inglesa! Dʒəʊnəs.

 

[Texto 4873] 

Helder Guégués às 09:47 | comentar | favorito
Etiquetas: