Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

Como se pensa por aí

Muito mal

      «Israel e a Pfizer “provaram que a pandemia pode ser derrotada com uma campanha de vacinação em massa”, disse quarta-feira Albert Bourla, CEO da gigante farmacêutica num discurso transmitido por vídeo por ocasião das comemorações do 73.º aniversário (segundo o calendário judaico) da independência de Israel, em que milhares de pessoas, muitas delas sem máscaras, se reuniram em Jerusalém» («Após vacinação em massa, Israel levanta uso obrigatório de máscara na rua», Rádio Renascença, 18.04.2021, 10h31).

      É o resultado do trabalho da redacção com as agências. Então, e segundo o calendário gregoriano, são quantos — 146 anos?

 

[Texto 14 974]