Como se traduz nos jornais

Por vezes bem, por vezes muito mal

 

      «O que nem todos sabem é que além da cozinha, também a música era uma paixão para Jamie Oliver. A revelação foi feita pelo mesmo amigo de infância, Leigh Haggerwood: “Começámos uma banda [mais tarde, quando Oliver tinha já 14 anos] e ele tocava bateria, mas o pai dele era muito sensível, portanto garantiu que o Jamie continuava com os pés assentes na terra. Enquanto muitos de nós tinham o sonho de ser estrelas pop, Jamie foi para uma escola de cozinha. A ambição dele, quando tinha pouco mais de 20 anos, era abrir um restaurante e escrever um livro de cozinha”» («Jamie Oliver. Uma receita de sucesso e fracasso em 10 passos», Gonçalo Correia, Observador, 21.05.2019).

      O Sr. Trevor Oliver era «muito sensível» e, logo, não quis que o menino Jamiezinho fizesse barulho lá em casa. Gonçalo Correia, sensible é, em algumas acepções, um falso amigo. Aqui, quando se diz que o pai de Oliver «was very sensible», o que se pretende dizer é que era um homem sensato, com os pés assentes na terra, o que convém inteiramente a um indivíduo que serve à mesa ou ao balcão de um restaurante. Vá, agora jurem que os textos são revistos.

 

[Texto 11 396]

Helder Guégués às 19:57 | comentar | favorito
Etiquetas: ,