Como se traduz por aí

Falamos? Onde?

 

      «“O nosso pai viveu e trabalhou em Cambridge durante mais de 50 anos (...). É por essa razão que decidimos organizar o seu funeral nesta cidade que tanto amava e que o amou de volta”, explicaram ainda na mesma nota» («Funeral de Stephen Hawking juntou centenas de pessoas», Rádio Renascença, 31.03.2018, 17h55).

      Não sei, a mim causa-me sempre muita estranheza esta forma de dizer as coisas: «e que o amou de volta». Nós exprimimo-nos dessa maneira, senhor jornalista? Mal por mal, ficasse em inglês: «For this reason, we have decided to hold his funeral in the city that he loved so much and which loved him.»

 

[Texto 8991]

Helder Guégués às 20:11 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,