Como se traduz por aí

Isso mesmo, só visto

 

      «Sou como Tomás, preciso de tocar para acreditar» (Embalando a Minha Biblioteca, Alberto Manguel. Tradução de Rita Almeida Simões. Lisboa: Tinta-da-China, 2018, p. 21). Thomas, já dizia a nossa avó inglesa, não é assim, Rita Almeida Simões?

 

[Texto 13 076]

Helder Guégués às 13:30 | favorito
Etiquetas: ,