«Contagioso/contagiante»

Não é uma doença

 

  «E que contagiosa é essa alegria!» (Noites Brancas, Fiódor Dostoiévski. Tradução do francês de Maria João Lourenço. Lisboa: Clube do Autor, 2013, p. 88).

      Era assim que eu escreveria — se o fizesse em italiano: «E come è contagiosa questa gioia!» Apesar de serem sinónimos, «contagioso» e «contagiante» usam-se em contextos diferentes.

 

[Texto 5118]

Helder Guégués às 11:10 | favorito (1)
Etiquetas: