«Dar de caras com»

Não é para todos

 

      «É impossível passear numa avenida, estar parado na rua a conversar com um amigo, entrar num edifício, ou espreitar por baixo dos arcos de arenito de uma velha arcada, sem dar de cara com uma máquina do tempo» (Os Sonhos de Einstein, Alan Lightman. Tradução de Ana Maria Chaves. Alfragide: Edições Asa II, 10.ª ed., 2010, p. 25).

      As expressões idiomáticas é matéria quase impenetrável... Na 10.ª edição, já devia estar corrigido: é dar de caras com. Mais valia que traduzisse à letra, pois no original não está nenhuma expressão idiomática: without meeting.

 

[Texto 8392]

Helder Guégués às 09:06 | comentar | favorito
Etiquetas: ,