Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Definição: «hibridação»

Ora nem de propósito

 

      «A investigadora conta que inicialmente estas duas espécies viviam em partes distintas da ilha: a Schistometopum thomense habitava as partes mais secas do Norte e a Schistometopum ephele as zonas mais húmidas do Sul. Mas, agora, já se encontraram no Centro da ilha e a equipa encontrou provas genéticas de reprodução cruzada entre elas (portanto, de hibridação). “Este é um padrão comum quando espécies próximas se encontram na natureza e, claro, pode também acontecer de forma artificial”, indica Rayna Bell, que considera mesmo que esta hibridação pode ajudar a explicar a confusão sobre o número de espécies nos últimos 150 anos» («A incrível saga de dois anfíbios sem membros em São Tomé», Teresa Sofia Serafim, Público, 10.05.2021, 16h50).

      Isso mesmo, o que me leva a crer que a definição de hibridação no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora pode induzir em erro o leitor: «BIOLOGIA produção de híbridos, animais ou vegetais, resultantes do cruzamento de espécies distintas; hibridização». Não poderá levar a crer-se, pelo uso do termo «produção», que é somente resultado da intervenção do Homem? (Ah, sim, não tardará e temos aí vozes contra este uso da palavra «homem» em sentido universal, para significar TODOS os homens e mulheres.)

 

[Texto 15 088]

1 comentário

Comentar post