Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

Denier (den)/decitex (dtex)

Química e física das coisas banais

 

 

      «A designação meias de vidro», escreveu (mal, a frase está torta), faz agora dois anos, o químico Sérgio Rodrigues no De Rerum Natura, «está a cair em desuso e é provavelmente devida ao seu tradicional brilho e transparência.» Será verdade, mas é o que se lia na obra: «entrou na loja e queria meias de vidro, opacas, de 50 ou de 30 den». Os nossos dicionários acham-se desobrigados de explicar estas coisas. O Houaiss, se não regista o símbolo, não omite o resto: denier é a «antiga unidade usada para mensurar fios de seda e fibras artificiais substituída pelo decitex», que é a «unidade que determina a proporção de fibras têxteis, correspondente à massa em gramas de um comprimento de 10 000 m do produto». Será como em relação a centígrado/Celsius: vão passar-se lustros, décadas, séculos e continuará a dizer-se «denier».

 

[Texto 4393]