Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

«Dotado ao abandono»!

Jornalismo ao abandono

 

      «Foram pintadas as paredes, reforçadas as fachadas, reunidos e restaurados os azulejos — centenas deles encontrados na Feira da Ladra. Tudo devolvido ao Pavilhão Carlos Lopes. Catorze anos depois de ter sido dotado ao abandono, o pavilhão reabre hoje, após um ano de obras de reabilitação que trouxeram de volta “a dignidade ao espaço”, encerrado desde 2013 por falta de condições de segurança. Di-lo Vítor Costa, director-geral da Associação de Turismo de Lisboa (ATL), entidade encarregada da reabilitação» («Até na Feira da Ladra havia pedaços do Pavilhão Carlos Lopes», Margarida David Cardoso, Público, 17.02.2017, p. 18).

      Já aqui tínhamos visto outra versão avariada (e o autor ficou furioso), «devotado ao abandono». Claro que «dotado ao abandono» é muito, mas muito pior.

 

[Texto 7487]