«Ensoado/ensuado»

Antes de escrever

 

      O cavalo chegou ensuado. O escriba, porém, julgou que seria antes «ensoado», ressequido pela acção do sol; recozido; flácido. «Os homens na cava, ele a espreitá-los por cima das lunetas, e a testa ensuada, a pingar que nem parede húmida» (Marés, «Obras Completas de Alves Redol». Lisboa: Publicações Europa-América, 1978, p. 35). Ficamos espantados que haja tantas confusões. E logo com palavras que não são de todos os dias, e, portanto, em que se impõe confirmar nos dicionários.

 

[Texto 6297]

Helder Guégués às 20:07 | favorito
Etiquetas: ,