Erros imperdoáveis: «há | à»

O impensável acontece todos os dias

 

      Esta ainda está fresquinha: «Há nove anos um grupo de crianças dinamarquesas teve um acidente no mar durante uma visita de estudo. Sete dessas crianças foram declaradas clinicamente mortas por hipotermia, mas as sete voltaram há vida algumas horas depois» («“Morreram” nos fiordes mas acabaram por acordar. BBC juntou-os nove anos depois», Dora Pires, TSF, 3.12.2019, 18h16).

      Nos últimos tempos, um professor também me tem mostrado este mesmo erro em textos de colegas. Isto são problemas da infância, de certeza. Como é que um jornalista confunde preposições com verbos? Como é que um professor, seja qual for a disciplina que leccione, dá o mesmo erro? Não há perdão para eles nem escapatória para nós.

 

[Texto 12 398]

Helder Guégués às 18:45 | favorito
Etiquetas: ,