FFAA, Forças Armadas

Um dia, um dia

 

      «Em causa está um decreto presidencial de 11 de Setembro, que determina para o mesmo dia o início do mandato das várias chefias que já estavam em funções, exceptuando o do chefe do Estado-Maior General das FAA e adjuntos, bem como os comandantes dos ramos das forças armadas» («Angola. Lourenço exonera comandante da polícia e chefe da secreta militar», Rádio Renascença, 20.11.2017, 13h04).

    Já tínhamos visto esta questão aqui. Ora, como é isso, senhor jornalista, duplica o A, mas não o F? Não, não, reveja isso: é FFAA.

 

[Texto 8360]

Helder Guégués às 21:23 | comentar | favorito
Etiquetas: ,