Grande Chambre do Tribunal Europeu?

Para dormir ou para chorar?

 

      «“O Estado decidiu não recorrer para a Grande Chambre do Tribunal Europeu. De acordo com a representante de Portugal no TEDH, para esta decisão contribuiu o facto de o acórdão em causa ter sido favorável ao Estado português em quatro das cinco questões que se colocavam”, respondeu o Ministério da Justiça à agência Lusa» («Estado não recorre de decisão do Tribunal Europeu sobre Carlos Cruz», Rádio Renascença, 26.09.2018, 17h38).

      Querem ver que só no Brasil é que se diz Grande Sala do Tribunal Europeu de Direitos Humanos? Muito estranho, tudo isto.

 

[Texto 10 003]

Helder Guégués às 08:26 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,