«Hidroxipropilmetilcelulose»

Às centenas

 

      «O polissacarídeo utilizado é o hidroxipropilmetilcelulose (HPMC), que é hidrófobo — ou seja, não deixa a água aproximar-se. E é por isso que torna a massa folhada mais impermeável, não deixando a água infiltrar-se e evita que a massa amoleça. O HPMC já é um aditivo alimentar usado noutros alimentos» («Inventado um pastel de nata que é só pôr no microondas e já está», Nicolau Ferreira, Público, 30.10.2014, p. 27). Outra que também falta nos dicionários. Mas não é «o hidroxipropilmetilcelulose», é antes «a hidroxipropilmetilcelulose», ou hipromelose, que como aditivo alimentar aparece sob a designação E464. Trata-se de um polímero semi-sintético, viscoelástico, derivado da celulose, usado na indústria farmacêutica para revestir cápsulas e comprimidos, mas cujas potencialidades estão largamente por aproveitar.

 

[Texto 5204]

Helder Guégués às 10:09 | comentar | favorito
Etiquetas: