Isso é em quimbundo

É outro, com certeza

 

     «[Yami] Canta em português, mas também em kimbundu e umbundu, apaixonado pela fonética destas línguas angolanas» («“Não consigo fugir do meu lado étnico”, diz Yami [Aloelela], hoje mais pop», Nuno Pacheco, Público, 29.07.2015, p. 28).

    Ia dizer que é o Nuno Pacheco que aparece muito por aí, furibundo, a gritar contra o Acordo Ortográfico de 1990, mas não pode ser, evidentemente. Nunca Nuno Pacheco escreveria «kimbundu» sabendo que «quimbundo» é melhor, mais conforme à ortografia que defende, nem optaria por «umbundu» se soubesse que «umbundo» é preferível. É outro.

 

[Texto 6098]

Helder Guégués às 17:05 | favorito
Etiquetas: ,