Já vimos isto

Pontuação sacudida

 

 

      «Epá e que tal fazermos um treino para pessoas que passam o dia no escritório?” [...] Depois: dez agachamentos e dez burpees. Os burpees são, digo eu, a forma mais rápida de se ficar sem fôlego. Basicamente é deitar e levantar o mais rápido possível, terminando com um pulo e uma palma» («O português que desafiou Van Damme ensina-nos a treinar», Ana Sofia Santos, Expresso Diário, 5.06.2014).

    Os exercícios — a reportagem é acompanhada de um vídeo — parecem-me bons, curtos mas intensos. Semelhantes, no fundo, ao método Tabata, que comecei a praticar há um mês, que consiste em cinco minutos de aquecimento, uma série de oito sequências de 20 segundos de exercício de alta intensidade, à bruta, seguido de dez segundos de descanso e, no fim, dois minutos de arrefecimento. Tudo cronometrado com a aplicação My Tabata Timer.

     Pior é o «epá», que a jornalista pode ter aprendido, em má hora, com os Fedorentos. Da pontuação, o que nem se vê no excerto citado, é melhor não falarmos. É uma _______ (preencha o leitor). O burpee (com os jornais digitais, ainda há mais atropelos e descuidos, e o itálico foi para as urtigas), dizem os dicionários de língua inglesa, é «a physical exercise consisting of a squat thrust made from and ending in a standing position».

 

[Texto 4678] 

Helder Guégués às 20:18 | favorito
Etiquetas: ,