Léxico: «(à) armoricana»

Ainda na cozinha

 

      «A base da receita tinha parecenças com a então dominante lagosta à americana (ou armoricana), mas alguns detalhes fazem a diferença: o vinho do Porto indicado é Kopke tinto e no final deve-se polvilhar o molho de orégãos, por exemplo» («Os segredos da lagosta», Ricardo Dias Felner, «Revista E»/Expresso, 9.03.2019, p. 41).

      Diga-se o mesmo: já a encontramos nos dicionários de gastronomia. Nos dicionários gerais, nem raspas.

 

[Texto 11 030]

Helder Guégués às 19:47 | comentar | favorito
Etiquetas: ,