Léxico: «adivinhatório»

Adivinhem...

 

      «Artur Mafumo era curandeiro. Mas em Dezembro de 1955 foi preso e os seus objectos de culto e adivinhação, como ossículos adivinhatórios, foram apreendidos e trazidos para Portugal por Joaquim Santos Júnior, chefe da 6.ª campanha da Missão Antropológica de Moçambique (uma expedição científica). Agora, os seus objectos estão na exposição Plantas e Povos no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Muhnac), em Lisboa» («Como o banco de um curandeiro moçambicano diz muito sobre a forma de fazer ciência», Teresa Serafim, Público, 28.04.2017, p. 27).

      Suponho que também pudesse ser, mas, na verdade, o que se diz sempre é ossículos divinatórios. Um toque mais refinado. Não deixo, no entanto, de estranhar que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não registe adivinhatório.

 

[Texto 7757]

Helder Guégués às 10:37 | favorito
Etiquetas: ,