Léxico: «adossar»

Aos pares é sempre pior

 

      «“É um sítio muito grande, todo muralhado, tem uma muralha muito robusta e adoçado à muralha saem uma série de estruturas. Esta produção metalúrgica foi encontrada numa estruturas destas que está perto da muralha e perto de uma zona de circulação que nós julgamos ser uma rua que se desenvolveria paralela à murada e depois haverá eventualmente uma zona habitacional, mas que ainda está debaixo de terra”, conta a arqueóloga [Mariana Nabais,] que acredita que na Safara há trabalho para várias gerações» («Há um tesouro arqueológico com mais de dois mil anos no Alentejo», Rita Costa e Rita Carvalho Pereira, TSF, 4.07.2019, 11h24).

      Parece uma maldição: se um texto é escrito por dois jornalistas, tem mais erros. Com palavras que manifestamente não conhecem, porque não consultam um dicionário para saber como se escrevem? É, no caso, adossado, isto é, encostado. Não deixa também de ser estranho que os nossos dicionários não acolham o verbo adossar — que é usado em muitos textos sobre arqueologia.

 

[Texto 11 681]

Helder Guégués às 18:19 | comentar | favorito
Etiquetas: ,