Léxico: «agulheta»

É para atestar. B7

 

      «Agora, os automobilistas têm de optar não entre gasolina e gasóleo, mas sim entre letras, E e B, e números. Se o que pretende é pôr gasolina, o seu automóvel deve ser abastecido pela agulheta com a letra E, de Etanol. Há E5 e E10, correspondente à gasolina sem chumbo de 95 octanas ou de 98. Já se o seu carro é a diesel, deve escolher a Letra B, de Biodiesel. B7 é o gasóleo normal, o mais barato, B10 é o mais caro. Para evitar enganos, as gasolineiras vão deixar durante algum tempo, junto às agulhetas, as duas designações» («Vai abastecer o carro? Atenção que há nova sinalética nos combustíveis», Rádio Renascença, 22.10.2018, 11h23).

     Sim, podiam ir já para os dicionários, porque vieram para ficar. Entretanto, e mais urgente, é o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora acrescentar esta acepção de agulheta, pois a mais próxima só se refere a água: «tubo metálico que remata as mangueiras para dirigir o jacto de água».

 

[Texto 10 166]

Helder Guégués às 11:43 | comentar | favorito
Etiquetas: ,