Léxico: «alambor»

Menos respeitinho

 

      «Já a Câmara de Lisboa transmitiu ao PÚBLICO que, no decurso da empreitada de “abertura de uma trincheira arqueológica”, “foi descoberto o Alambor [a parte reforçada e saliente na base de uma parede] da Muralha Fernandina”» («Parte da Cerca Fernandina revelada nas obras do funicular da Graça», Inês Boaventura, Público, 18.10.2016, p. 18).

      Não é preciso assim tanto respeito, senhores camarários, camaradas: alambor é substantivo comum. Diga-se, a propósito, que a definição constante do Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora é equívoca: «aumento de espessura na base das construções de alvenaria». Melhor está neste dicionário de engenharia civil: «Termo que pode designar sapata, ou parede em que a espessura vai diminuindo consoante a altura.» No Aulete também não está mal.

 

[Texto 7166]

Helder Guégués às 09:06 | comentar | favorito
Etiquetas: ,