Léxico: «alfa-sinucleína»

Do que discordamos

 

      «O corpo humano fabrica naturalmente uma proteína chamada alfa-sinucleína, que se encontra, entre outros lugares, no cérebro, nas terminações das células nervosas. No entanto, a aglutinação incorreta dessas proteínas estará ligada a danos nas células nervosas, à deterioração do sistema de dopamina e ao desenvolvimento de problemas de movimento e de fala — as três características da doença de Parkinson» («Doença de Parkinson terá origem no intestino», Isaura Almeida, Diário de Notícias, 26.06.2019, 22h01).

      Os lexicógrafos acham que alfa-sinucleína (ou, menos dicionarizável, α-sinucleína), uma proteína nuclear com 140 aminoácidos e massa molecular de 14 kDa, presente nos terminais pré-sinápticos e na mitocôndria, não tem de estar nos dicionários, do que, evidentemente, discordamos.

 

[Texto 11 631]

Helder Guégués às 20:58 | comentar | favorito
Etiquetas: ,