Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «amanhador»

Uma pobreza condenável

 

      «[Antoni Jiménez, médico no Centro de Saúde de Odemira] Chegou à terra alentejana quando o escudo ainda era a moeda e a autoestrada entre Alcácer do Sal e Badajoz não estava concluída. “No princípio não percebia bem o que diziam. Engolem um pouco as palavras, ainda mais com o sotaque alentejano.” Agora até ele já tem um pouco de sotaque e aprendeu muitas palavras típicas das aldeias: as dores nos artelhos ou no toutiço (zona da nuca, pescoço). E ainda não parou de aprender. “Há pessoas aqui que ainda vão ao amanhador [endireita]”» («A Odemira chegou bom vento e fez-se bom casamento», Ana Maia, Diário de Notícias, 15.08.2016, p. 17).

   Regionalismo ou não, nos dicionários não encontramos «amanhador», vá-se lá saber porquê.

 

[Texto 7032]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.