Léxico: «ao cabo e ao resto»

Até para variar

 

      «Mas, ao cabo e ao resto, nem o velho Júpiter é senhor de si. A carne é fraca, Vénus é bonita... Enfim, uma miséria!» (Diário Vols. I a IV, Miguel Torga. Alfragide: Publicações Dom Quixote, 2012, 5.ª ed., p. 117).

      Para os que estão sempre — em vão — a tentar fugir do castelhano, têm aqui uma boa alternativa: ao cabo e ao resto. Os dicionários ganham uma nova subentrada.

 

[Texto 14 221]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | favorito
Etiquetas: ,