Léxico: «aparelhístico»

Do aparelho partidário

 

      «“Pela primeira vez em muitos anos, o PSD arranjou um líder que não é ‘aparelhístico’, que não é dominado por todos os dias pensar qual o lugar que tem a seguir na carreira, que é um tipo sensato, é um tipo com sentido nacional, sentido do interesse nacional e, que de facto, não tem noção do exercício do poder político. Isto é raríssimo nos dias de hoje. O risco de ter Rui Rio a liderar o partido é enorme para um conjunto de ambições. No meu entender ele deve ir à luta”, disse Pacheco Pereira, já depois de, numa entrevista à SIC, Luís Montenegro ter dito que é candidato à liderança do PSD» («“O PSD arranjou um líder que não é aparelhístico”», Guilherme de Sousa, TSF, 10.10.2019, 00h47).

 

[Texto 12 149]

Helder Guégués às 07:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,