Léxico: «armínio»

Está e não está

 

      Jean Le Clerc (1657-1736), ávido de conhecimento, fixou-se em Amesterdão, e foi durante vinte e sete anos professor de Filosofia, de Humanidades e de Hebraico no colégio dos armínios daquela cidade. Sim, até porque ensinar ainda é uma maneira de aprender. Ora bem, armínio só encontramos no Dicionário de Português-Francês da Porto Editora, que remete sem mais delongas (nem se vê o verbete!) para arminiano. No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, só arminiano e arminianismo: «RELIGIÃO sistema teológico criado por Jacobus Arminius (1560-1609), que negava a doutrina calvinista da predestinação absoluta, afirmando serem compatíveis a soberania de Deus e o livre arbítrio [sic] humano». A Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira tem outro enfoque: «Movimento dissidente do calvinismo que, sob os auspícios de Jacob Armínio, se declarou na Holanda em 1588. Combatia as teorias de Calvino sobre a predestinação e a submissão absoluta do homem ao poder de Deus.»

 

[Texto 9903]

Helder Guégués às 14:00 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,