Léxico: «autocentrado»

Uma palavra e um conselho

 

      «Educar crianças longe dos avós e tios é assim um duplo sinal de egoísmo: no presente, há o egoísta abandono dos velhos; no futuro, há a certeza de que estas crianças serão adultos autocentrados e incapazes de lidar com a perda, com o fracasso, com a dor física e mental» («Beijar os avós: a medida justa», Henrique Raposo, Rádio Renascença, 19.10.2018).

      Pois, não são só vocês, eu também não sei para que serve uma palavra como «autocentrado» — obviamente impingida pelos tradutores. Self-centred... Seja como for, ela anda por aí, como se vê, e há um problema por resolver, um erro muito repetido: só aparece num dicionário bilingue da Infopédia. (Convinha, agora que as rádios publicam tantos textos como os jornais, que tivessem algum cuidado. Releiam antes de publicar. Neste texto de Henrique Raposo, por exemplo, lê-se isto: «Claro que esse desafio aumenta nas minhas filhas. Quando se aproximam deste tio-que-é-avô, sentem um medo instintivo; aquela figura faz gestos estranhos, tem um esganar assustadiço no rosto.»)

 

[Texto 10 149]

Helder Guégués às 09:50 | favorito
Etiquetas: ,