Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «Bagandas/baganda»

Mais importante do que o rinoceronte

 

      «A pertença à família nas diversas comunidades africanas inclui os filhos adoptados e os acolhidos, os servos, os escravos e os seus filhos, como entre os Bagandas no Uganda» («A família na África», Philomena N. Mwaura, L’Osservatore Romano, 1.10.2015).

      Pois, Gandas ou Bagandas, povo do Centro do Uganda, constituído por cerca de 6 milhões de indivíduos, que falam uma língua banta. O reino dos Gandas surgiu por volta do século XVI e, mais tarde, em 1900, foi englobado nas colónias britânicas. Vamos encontrar baganda no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, mas para significar a «pessoa ordinária e desordeira», como também ali vemos ganda, «nome dado ao rinoceronte, na Índia», mas não o nome do povo. Ora, há vários textos em língua portuguesa, entre artigos de jornais e livros, em que foi usado.

 

[Texto 9652]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.