Léxico: «berrão»

Porcos e outros animais

 

      «O acaso colocou a descoberto em Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, uma figura zoomórfica que representa um berrão (porco) e que os arqueólogos datam entre os séculos IV e I a. C., foi hoje anunciado. [...] Segundo a arqueóloga [do município de Miranda do Douro, Mónica Salgado], existem várias teorias quanto ao significado e funcionalidade dos berrões que estão presentes na entrada dos castros» («Figura zoomórfica com mais de dois mil anos descoberta em Miranda do Douro», Observador, 1.07.2020, 15h41).

      Este berrão vem de «varrão», o porco não castrado, um regionalismo transmontano. Já esteve nos dicionários, mas deixou de pagar a renda e foi despejado, não é assim, Porto Editora? Já quanto a estes berrões, as estátuas proto-históricas de pedra (o da notícia é de granito), ainda nas palavras da arqueóloga, «podem ser representações de touros e porcos, existindo algumas exceções. Apresentam um caráter sacro-religioso, assentes na força, virilidade e combatividade». A conhecidíssima Porca de Murça — conhecida, em especial, pelos rótulos do vinho... — é um berrão. Em suma, faltam nos nossos dicionários pelo menos duas acepções de berrão.

 

[Texto 13 647]

Helder Guégués às 08:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,