Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «bifobia»

Um campo inesgotável

 

      «Já não vai haver duas passadeiras com as cores do arco-íris na Avenida Almirante Reis, em Lisboa. Quem o garante é Margarida Martins, presidente da Junta de Arroios, que assinala também que as indicações rodoviárias têm de estar marcadas a uma cor única: branco. A proposta, anteriormente aprovada pela Junta, foi apresentada por dois representantes do CDS-PP na Assembleia de Freguesia de Arroios, de forma a assinalar o Dia Internacional de Luta contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia» («Passadeiras, só brancas. Arco-íris LGBTI na estrada “é ilegal”», Catarina Maldonado Vasconcelos, TSF, 2.05.2019, 18h42).

      O CDS de Arroios é mesmo prà frentex, caramba. Mas esqueceu-se de falar com o CDS do Caldas. Bem observado: o dicionário da Porto Editora não regista prà frentex nem — mas aqui tem alguma desculpa, parece que todos os dias surgem palavras novas neste campo — bifobia.

 

[Texto 11 298]

1 comentário

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.