Léxico: «caeté | Caetés»

O Brasil esquecido

 

      «Chegou a formular-se a sentença que, por terem morto e comido o bispo D. Pedro Fernandes Sardinha e sua comitiva, condenou os Caetés e seus descendentes a cativeiro perpétuo» (A Literatura Portuguesa e a Expansão Ultramarina: as ideias, os factos, as formas de arte, Vols. 1-2, Hernâni Cidade. Coimbra: A. Amado, 1963, p. 307).

      No dicionário da Porto Editora, nada. Não leram Graciliano Ramos, está visto. (E não democratizam a dentisteria...) E agora até vamos ter o Dia Mundial da Língua Portuguesa (5 de Maio), hein? Não faltará muito para ser língua de trabalho na ONU.

 

[Texto 12 187]

Helder Guégués às 02:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,