Léxico: «casa-abrigo»

Vamos acolhê-la

 

      «GNR revelou que a vítima “sofria maus-tratos físicos e psicológicos há dez anos, sensivelmente desde o início da relação, sendo que nos últimos meses os mesmos tinham-se tornado mais graves, levando à sua retirada para uma casa-abrigo”. O agressor foi proibido pelo juiz de contactar com a vítima, estando controlado por meios de vigilância eletrónica (pulseira)» («Vítima teve de fugir para casa-abrigo», S. A. V., Correio da Manhã, 25.06.2020, p. 16).

 

[Texto 13 863]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,