Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «cassúbio»

Nada disso

 

   «Filho de um alemão merceeiro e de uma Kashubian (minoria eslava), [Günter Grass] cresceu entre o crucifixo católico e a imagem de Hitler» («Günter Grass (1927-2015)», Dulce Neto, Sábado, 16.04.2015, p. 32).

   E porque não, poderá alguém pensar, filho de um «Alemão merceeiro»? Simplesmente ridículo. A mãe de Günter Grass era cassúbia ou cassubiana. Tal como sucede com os topónimos de línguas estrangeiras, também devemos procurar substituir os gentílicos estrangeiros por formas vernáculas equivalentes.

 

[Texto 5768]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.