Léxico: «cetária»

Uns séculos atrasado

 

      Porto Editora, há quanto tempo não passas pela Rua Marques Leal Pancada, em Cascais? Se o tivesses feito nos últimos tempos, terias visto que já estão em exposição, protegidas, as cetárias romanas, que datam do século I a. C. Transcrevo o que lá está escrito: «CETÁRIA | Lat. Cetaria. Tanque com revestimento estanque (opus signinum) tendencialmente retangular onde eram colocados os peixes misturados com sal. Através de um processo de autodigestão do próprio aparelho digestivo e na presença de um antissético (sal), o peixe ia-se transformando em pasta sem se putrefazer.» (Pois, bem visto: também te falta setária.)

 

[Texto 12 346]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,