Léxico: «chelique/chilique»

Depende do dicionário

 

      «Provavelmente nada será como dantes no CDS. Assunção Cristas, que em casa é tratada por “Becas”, foi ao programa 5 para a Meia-Noite (RTP) e revelou um segredo. Avancemos sem demora para a coisa (rufar de tambores): “Tomei banho em pelota com estranhos.” Sim, “em pelota”, foi a própria que o disse. Naquele momento, por certo, umas centenas de militantes do CDS tiveram um chelique» («O segredo. “Becas” tomou banho em pelota no Japão», Público, 15.09.2018, p. 15).

      Escreve-se, como sabem, chelique ou chilique. O mais estranho é que no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora só encontramos chilique, «desmaio; fanico»; já o Dicionário de Termos Médicos acolhe os dois, mas, neste caso, já não é mero fanico, essa coisa de trazer por casa, mas um muito mais sério «pequeno desmaio de tipo histérico ou psicótico». Assim, segundo o dicionário que consultemos, já podemos ter tido ou não um chilique.

 

[Texto 9923]

Helder Guégués às 18:45 | comentar | favorito | partilhar