Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «clementineira»

Na Ásia ou na Europa

 

      «A clementina é o fruto da clementineira, uma árvore que nasceu do cruzamento da laranjeira com a tangerineira. Conta-se que foi descoberta no final do século XIX pelo frade francês Marie-Clément Rodier, nos pomares do orfanato Péres du Saint-Esprit, na Argélia. Contudo, a comunidade científica discorda e defende que as clementinas terão tido origem na Ásia, mais concretamente na China. Seja qual for a sua origem, a verdade é que se tornou um fruto muito apreciado em todo o mundo. Uma das características das clementinas é que não apresentam sementes, a não ser que as suas flores sejam fertilizadas com pólen de outras plantas cítricas. [...] Não só os seus 8 a 14 gomos podem e devem ser consumidos mas também a sua casca, muito rica em nutrientes, podendo ser cristalizada ou usada para fazer doces e geleias» («Clementina», João Rodrigues, «Revista E»/Expresso, 29.04.2022, p. 76).

 

[Texto 16 257]

1 comentário

Comentar post