Léxico: «co-formulante»

Será agora

 

      «O potencial carcinogénico do glifosato tem sido associado a um co-formulante (taloamina) cuja proibição já foi decidida pelo Governo e entrou em vigor a 1 de Julho» («Pesticida glifosato proibido nas cidades», Público, 7.07.2016, p. 17).

      De quando em quando, leio notícias em que se usa o vocábulo co-formulante, mas, até hoje, nunca o vi explicado. Aportuguesamento do termo inglês co-formulant, é qualquer substância, além do ingrediente activo, intencionalmente acrescentado a um pesticida.

 

 

[Texto 6941]

Helder Guégués às 18:02 | comentar | favorito
Etiquetas: ,