Léxico: «colaborante»

Quase grego

 

      «Eu sou partidário de um regime jurídico que permita a delação premiada com garantias da dignificação do próprio processo, da própria justiça. Quero dizer, o delator é colaborante com a justiça. É evidente que o faz em interesse próprio, mas a justiça recolhe o benefício maior da delação. Por outro lado, a delação tem que ser enquadrada por exigências que façam com que tenha, de facto, substância fundamental para o processo em causa» («João Cravinho: “Espanta-me que a principal preocupação do MP seja castigar Rui Pinto e não investigar o que ele revelou”», Pedro Mesquita, Rádio Renascença, 9.12.2019, 17h21).

      Para o dicionário da Porto Editora, isto é quase grego, não é assim?

 

[Texto 12 443]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,