Léxico: «colherim»

E os arqueólogos?

 

      «A arqueologia tem desenvolvido duas tendências principais ao longo do tempo: primeiro, a escavação tornou-se um processo bastante mais lento e árduo. Em vez de abordar as camadas arqueológicas com picaretas (ou até com explosivos!), como no passado, cada camada passa a ser cuidadosamente removida com uma pá, um colherim ou um pincel, e toda a terra é peneirada, de forma que não se perca nenhum fragmento de informação» (Arqueologia — Uma Breve Introdução, Paul Bahn. Tradução de Alexandra Abranches. Lisboa: Gradiva, 1997, p. 25).

      O colherim é, de facto, uma das ferramentas usadas em arqueologia, informação que escapa aos lexicógrafos. A título de exemplo e por todos, eis o que se lê no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «colher pequena usada pelos estucadores e pintores». Se fosse uma lista aberta, eu estaria caladinho, mas, tal como está, tem de ser corrigido.

 

[Texto 10 758]

Helder Guégués às 08:27 | favorito