Léxico: «confissão/denominação»

QDE

 

      Está a decorrer no Vaticano, por estes dias, até 28, a 15.ª assembleia geral ordinária do Sínodo dos Bispos. A assembleia, sobre o tema «Os jovens, a fé e o discernimento vocacional», teve até agora a participação de 257 bispos de todo o mundo e da Cúria Romana, além de vários convidados, secretários, delegados de outras confissões cristãs e auditores – estes últimos podiam intervir nos debates, mas não votar. Ora bem, a questão aqui é sobre o termo confissão, que significa, segundo o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, «cada uma das igrejas que se reclamam parte do cristianismo e que, apesar de diferenciadas por particularidades doutrinais, partilham entre si um núcleo de crenças comum». Não, não me enganei, enganei-vos: a definição que citei é do termo denominação. Fica assim, creio, demonstrada a necessidade de o termo confissão ter uma acepção idêntica.

 

[Texto 10 190] 

Helder Guégués às 13:06 | comentar | favorito
Etiquetas: ,